Varizes

tratamento de varizes
Estima-se que 18% da população adulta tem varizes. Só no Brasil, acredita-se que mais de 20 milhões de pessoas carreguem esta doença e as maiores vítimas são as mulheres, devido aos hormônios femininos, que favorecem a dilatação das veias. O principal fator de risco é a hereditariedade, mas pode ser também a idade (a partir dos 30 anos), o sexo (as mulheres são mais propícias), traumatismo nas pernas, temperatura (exposição ao calor), tabagismo, gravidez, sedentarismo e pílulas anticoncepcionais.

O que são as varizes?

As varizes são veias dilatadas e tortuosas roxa/azulada que se desenvolvem sob a superfície cutânea. São mais comuns nas pernas e pés, e podem causar dor e inchaço. Podem ser de pequeno, médio ou de grande calibre. Aparecem mais em pessoas que necessitam ficar em pé por longos períodos.

O que causa as varizes?

A explicação para isso é que as veias das pernas, que reconduzem o sangue ao coração após ter irrigado os membros inferiores, possuem válvulas cuja finalidade é impedir o retorno do sangue aos pés pela ação da gravidade. Às vezes, essas válvulas não funcionam com eficiência e o sangue empoça nas veias, provocando deformação, inchaço e alterações na sensibilidade da pele.

Episódios de maior gravidade podem ocorrer tanto por dilatação das veias profundas quanto das superficiais. Nesses casos de insuficiência venosa, pode surgir edema (inchaço) persistente nos pés, úlceras nas pernas e alterações na pigmentação da pele.

Algumas pessoas apresentam minúsculas ramificações, de coloração avermelhada. Estes casos costumam ser assintomáticos e provocam apenas desconforto estético em seus portadores. Esses pequenos vasos são varizes de localização intradérmica. 

Andar gera um sério problema para a circulação, já que o coração fica bem distante dos pés e das pernas. O sangue desce muito facilmente pelo corpo, através das artérias, mas precisa desenvolver esforço muito grande para retornar ao coração, através das veias. Esta tarefa torna-se mais difícil porque é desenvolvida contra a força da gravidade. Por isto, a natureza lança mão de alguns mecanismos para facilitar o retorno do sangue das pernas até o coração.

Quais os sintomas das varizes?

  Presença de veias azuladas e muito visíveis abaixo da pele;
  Agrupamentos de finos vasos avermelhados;
  Queimação nas pernas e planta dos pés;
  Inchação ao final do dia, especialmente nos tornozelos;
  Prurido ou coceira
  Cansaço ou sensação de fadiga nas pernas;
  Sensação de peso nas pernas;
  Cãimbras. 

Quais as complicações geradas pelas varizes?

O sangue que é bombeado pelo coração para todo o corpo é rico em oxigênio e nutrientes, e o que volta pelas veias para o coração é pobre dessas substâncias, que são utilizadas por todas as células do nosso organismo. Nas pessoas que apresentam varizes, esse sangue tende a ficar represado nas pernas. Em consequência, com o passar do tempo, os tecidos das pernas passam a ser menos oxigenados e menos nutridos. Quando não são tratadas de forma correta, essas varizes podem progredir e desenvolver severas complicações. Entre estas podemos citar:

 Eczema: Geralmente se inicia com prurido (coceira);
 Dermatite;
 Flebite e trombose: Flebite significa inflamação da veia e varicoflebite consiste na inflamação das varizes. Esta inflamação pode vir acompanhada da formação de trombo decorrente do sangue coagulado. Essa trombose superficial pode progredir para as veias profundas e aumentar o risco de embolia pulmonar;
 Pigmentação e escurecimento da pele;
 Hemorragias: A pele e a parede das varizes muitas vezes ficam tão finas que facilmente se rompem. Quando isto acontece pode ocorrer uma importante perda de sangue, chamada de varicorragia (hemorragia proveniente de varizes);
 Úlceras: A complicação mais temida é a formação de feridas nas pernas denominadas úlceras. No início cicatrizam com certa facilidade, mas com o tempo, e se tratadas de forma indevida, vão se tornando mais complexas.

Como tratar as varizes?

Existem diferentes tipos de tratamentos para as varizes. O mais importante são as medidas preventivas. Quando estas medidas de precaução não são suficientes, o seu médico poderá indicar um ou vários dos tratamentos abaixo:

 Escleroterapia química: É provavelmente a técnica usada há mais tempo. Muito utilizada para as microvarizes ou vasos e para as varizes de calibre muito pequeno. Consiste na injeção de substâncias esclerosantes que expulsam o sangue para as veias normais e entopem as que estão sendo tratadas. Embora essas injeções precisem ser repetidas em algumas veias, a escleroterapia costuma ser muito eficaz e com excelentes resultados quando realizada por médicos experientes.

 Cirurgia: As cirurgias de varizes estão cada vez menos agressivas. A grande maioria das varizes pode ser curada hoje através de mini-incisões, e o tempo de internação hospitalar raramente passa de 24 horas. As varizes retiradas numa cirurgia não provocam danos à circulação, uma vez que as outras veias normais e o sistema venoso profundo normal encarregam-se de garantir o fluxo de retorno.

 Laser escleroterapia: A escleroterapia com laser está em evolução e ainda não substitui a escleroterapia química no tratamento das varizes. Não pode ser aplicada em todos os tipos de pele e ainda não dá bom resultado nos vasos de calibre maior. Novas tecnologias com laser estão em desenvolvimento e, futuramente, poderão ampliar a sua utilização. No Brasil, alguns médicos fazem o tratamento misto, como laser e injeções.

 Laser endovenoso: consiste na introdução de cateter com laser dentro das varizes com a intenção de destruí-las pelo calor. É uma técnica ainda em fase experimental.

 Radiofrequência: é a mesma técnica anterior usando o calor produzido por cateteres dotados de dispositivo de RF (radiofrequência).


Quais as advertências?

Ferir uma veia com varizes pode provocar sangramento abundante. Nesse caso, deite-se imediatamente e eleve a perna machucada. Comprima o ferimento com uma toalha limpa até que o sangramento estanque. Em seguida, lave com água corrente e sabão e proteja a área com um curativo compressivo.

As varizes predispõem as pessoas à flebite, inflamação dolorosa das veias, onde coágulos de sangue podem formar-se nelas. Quando um deles se instala numa veia profunda, existe a possibilidade de que um fragmento se desprenda e, deslocando-se pela circulação venosa, alcance o pulmão. Na ocorrência de qualquer inflamação dolorida, acompanhada ou não de endurecimento da área, em uma ou em ambas as pernas, que não desapareça com sua elevação, não perca tempo e procure um médico imediatamente. No caso de dor intensa e contínua, procure um médico imediatamente.

artigo sobre varizes e tratamentos


Links Relacionados


Dermatite Atópica

Dermatite Atópica

A dermatite atópica, também conhecida como eczema atópico, é uma doença de pele crônica ca ....
Excimer Laser para Vitiligo e Psoríase

Excimer Laser para Vitili

Excimer laser atua como imunomodulador que por meio da fototerapia realiza o tratamento ta ....
Limpeza de Pele

Limpeza de Pele

Passo a passo para a limpeza de pele: - Antes de começar sua rotina para limpeza de pele ....
Vitiligo

Vitiligo

O que é vitiligo? O vitiligo se caracteriza pela diminuição ou falta de melanin ....
Lesões Vasculares

Lesões Vasculares

O que é telangiectasia?  São pequenos vasos sanguíneos dilatados, próximos ....
Manchas na Pele

Manchas na Pele

Manchas na pele podem se manifestar de diversas formas, tais como melasmas (marcas castanh ....

Comentários






Fazer Comentário/Pergunta



»










O Site Estéticas se reserva o direito de publicar os comentários deixados aqui, bem como não se responsabiliza nem assina pelos mesmos. Os dados registrados neste espaço são de total responsabilidade dos autores.

Jéssica
19/12/2014 às 14:35
Olá. Eu gostaria de saber se a carboxterapia funciona para pequenos vasos?

cris
01/12/2014 às 13:41
Onde encontro um especialista?pode ser no sus? se particular quanto custa a cirurgia?

lucicleide
02/10/2014 às 19:30
como faço pra marca uma avaliaçaõ

tania alves pereira silva
12/08/2014 às 12:40
gostaria de saber se pode fazer aplicaçao em varizes com a glicose 50% sem ser endovenosa

Elisângela
03/08/2014 às 20:46
Olá tenho varios vasinhos na região atrás do joelhos, como faço para marcar avaliação? é paga avaliação?

Resposta:Obrigado pelo seu contato, encaminhamos sua pergunta para nossa equipe. Atenciosamente Portal Estéticas.
tais
31/07/2014 às 19:36
começou aparecer varizes na minha segunda gravidez! eu quero saber se tem alguma pomada que é vendida na farmácia que vcs podem mim emdicar?

Resposta:Obrigado pelo seu contato, encaminhamos sua pergunta para nossa equipe. Atenciosamente Portal Estéticas.
ana cristina
10/09/2013 às 11:56
tenho muitas varizes,e elas são esverdeadas,e pretas,sinto muitas dores e ultimamente tenho sentido dores no ânus.o que devo fazer?

Resposta:Olá Ana. Nossa equipe mandará uma mensagem para seu e-mail. Abraço.

voltar ao topo