Canelite pode causar fratura em corredoras

Canelite é uma inflamação da canela que recebe também a nomenclatura médica de síndrome do estresse tibial medial ou periostite tibial. Esta condição mais comum em mulheres, especialmente as que praticam atividade física, e causa dor no terço inferior e de dentro da canela.

dor na canela durante a prática de exercício físico pode ser canelite e causar até ruptura do osso

A lesão na canela pode ser causada por aumento repentino de intensidade e/ou duração da atividade física que dificulta a capacidade muscular de absorver impactos, além de prejudicar a remodelação óssea. Mulheres com histórico de osteopenia ou osteoporose tem mais chance de desenvolver canelite. Por ser um esforço repetido no tecido conjuntivo que envolve o osso da tíbia, o problema também recebe o nome de estresse tibial medial ou periostite tibial.

Cogitam-se duas hipóteses clínicas para o surgimento da lesão: a ruptura das fibras de Sharpey e a rotação interna excessiva da tíbia. A utilização de calçados inadequados ou mesmo de tênis velhos podem contribuir para o aparecimento da canelite. O tipo de pisada também pode levar ao surgimento do "Shin Split". Mulheres pronadoras, que apoiam a maior parte do peso no lado de dentro do pé, principalmente as que possuem fraqueza do músculo tibial anterior, tem grande tendência a desenvolver o problema. A falta de supinação, ou seja, a falta de apoio também no lado de fora, associada à rotação interna excessiva da tíbia levaria a um acúmulo de carga na face interna, desencadeando a lesão.

osso interno da parte inferior da perna chamado de tibia sofre com canelite

Evitar a canelite ou diminuir a dor causada por ela acarreta em fortalecer os músculos anteriores da perna, em especial o tibial anterior, um dos principais pontos de apoio durante a corrida; evitar o desequilíbrio muscular, muitas vezes causados pelo uso excessivo de salto alto; alongar o membros inferiores apropriadamente para evitar inflexibilidade e rigidez dos músculos gastrocnêmio, sóleo, e os músculos plantares (comumente o flexor longo dos dedos).

Tratamento para canelite

Na maioria das vezes a canelite surge ao final do treino e melhora em seguida naturalmente, com aplicação de gelo ou uso de analgésicos e anti-inflamatórios. Sensibilidade ao toque e inchaço são os sintomas mais comuns. E é preciso ficar atenta a eles, pois sem tratamento o problema pode evoluir e causar até mesmo a ruptura da tíbia. O diagnóstico é difícil devido aos sintomas serem muito genéricos. Mas a canelite tem até uma abordagem algorítmica para ajudar na avaliação. Outras ferramentas utilizadas no diagnóstico são radiografias, ressonância magnética, cintilografia óssea, medições da pressão compartimental e angiografia por ressonância magnética.


Links Relacionados


Fisioterapia Dermatofuncional

Fisioterapia Dermatofuncional

A fisioterapia dermatofuncional é uma especialidade relativamente recente, sendo uma área ....
Cãibra

Cãibra

As cãibras são espasmos (contrações involuntárias) e dolorosas do músculo esquelético que, ....
Canelite pode causar fratura em corredoras

Canelite pode causar fratura em corredoras

Canelite é uma inflamação da canela que recebe também a nomenclatura médica de síndrome do ....
Fisioterapia

Fisioterapia

O que é fisioterapia? A fisioterapia é a ciência que estuda, diagnostica, previn ....

Comentários






Fazer Comentário/Pergunta



»










O Site Estéticas se reserva o direito de publicar os comentários deixados aqui, bem como não se responsabiliza nem assina pelos mesmos. Os dados registrados neste espaço são de total responsabilidade dos autores.

rogerio florencio da silva
07/02/2016 às 00:45
forma mais rapida de tratar a canelite?

Resposta:Nos estágios iniciais é possível aliviar as dores com aplicação de gelo ou uso de analgésicos e anti-inflamatórios. No entanto, o problema só é resolvido com fisioterapia e fortalecimento da musculatura. Em todos os casos é preciso consultar um médico.

voltar ao topo