Linnea Safe PMMA para fins estéticos e reparadores

O Linnea Safe® PMMA é um produto sintético composto por microesferas de acrílico. O polimetilmetacrilato (PMMA) é utilizado na medicina há mais de sete décadas e desde 1989, por iniciativa do Dr. Gottfried Lemperle, a substância passou a ser a ser injetada no corpo com o objetivo de criar volumes. Desde então, o PMMA é empregado em inúmeros procedimentos para fins estéticos e reparadores.

Produto aprovado pela ANVISA, o Linnea Safe® PMMA, do Laboratório Lebon, é dotado por microesferas altamente purificadas de polimetilmetacrilato, suspensas uniformemente em um gel a base de água e de síntese orgânica não alérgico.

Preenchimentos corretivos

A aplicação do Linnea Safe® PMMA é uma solução viável, atualmente, para pacientes soropositivos que apresentam lipodistrofia, que é a perda de volume muscular, assim como também para homens portadores de Síndrome de Poland, que é subdesenvolvimento ou ausência do músculo peitoral de um dos lados.

Sua utilização na medicina é diversa, como em composição do cimento ósseo, lente intra ocular, na resina do dente, no material para fechamento de calota craniana, e muitos outros.

Bioplastia

Em procedimentos de bioplastia, o Linnea Safe® PMMA é injetado por microcânulas, uma agulha sem ponta com 40 x 0,8 mm em incisões menores que 0,5 mm, por onde leva o PMMA até o local almejado. Podendo ser feita ambulatorialmente, a bioplastia tem menor tempo de procedimento quando comparada às cirurgias, e não exige realização de cortes ou sedação.

A sua aplicação no rosto pode ter como objetivo o preenchimento de rugas e olheiras. Nas maçãs do rosto, pode dar o efeito de “blush”, marcando a linha da mandíbula, aumentando o tamanho dos lábios e fazendo o contorno do chamado “arco do cupido”. Também pode ser utilizado nas regiões do nariz, buço e queixo.

Qualidade e segurança

O Linnea Safe® PMMA utiliza tecnologia UMSS (Uniform Microsphere Smooth Surface), o que confere às microesferas uma superfície extremamente lisa, livre de impurezas, com diâmetro exato de 40 micras. São fatores que garantem segurança e melhores resultados. Por sua ação duradoura, ele possui enorme aceitação nos mercados nacional e internacional, sendo exportado para vários países da Europa e das Américas.

Em palestra no Brasil, em 2016, Dr. Lemperle, o pai da técnica de utilização do PMMA para aumento de tecidos, citou a importância de se ter um produto padronizado, com microesferas maiores do que 20 micras. De acordo com pesquisa apresentada no mesmo evento, dos 87,3 mil casos analisados, apenas 0,82% tiveram alguma reação adversa durante a utilização de PMMA.

SAIBA MAIS:

Linnea Safe® PMMA no Rio de Janeiro

 


Links Relacionados


Cris Lopes Aumenta Glúteos com Bioplastia

Cris Lopes Aumenta Glúteos com Bioplastia

Ela liderou do concurso “Gatas do Brasileirão”, promovido pelo portal UOL e concorrido ent ....
Bioplastia de Queixo

Bioplastia de Queixo

Bioplastia de queixo, ou bioplastia mentoniana é um procedimento que visa corrigir ....
Bioplastia de Glúteos

Bioplastia de Glúteos

Bioplastia de glúteos é uma técnica não cirúrgica que p ....
Ácido Hialurônico

Ácido Hialurônico

Ácido hialurônico é uma substância produzida naturalmente pelo c ....

Comentários






Fazer Comentário/Pergunta



»










O Site Estéticas se reserva o direito de publicar os comentários deixados aqui, bem como não se responsabiliza nem assina pelos mesmos. Os dados registrados neste espaço são de total responsabilidade dos autores.

voltar ao topo